Você parece ter perdido sua conexão com a internet!
Certifique-se de que esta conectado para que não perca os dados desta página.
Campos com bordas vermelhas são obrigatórios e devem ser preenchidos corretamente !
Atenção! Vendas feitas no cartão de crédito estão temporariamente indisponíveis.
CASA EDITORA O CLARIM | 113 anos divulgando o Espiritismo
CASA EDITORA O CLARIM
anos divulgando o Espiritismo
MEU CARRINHO
0
itens adicionados
0
Atenção! Vendas feitas no cartão de crédito estão temporariamente indisponíveis.
  • televendas (16) 3382.1066
  • contato
  • WhatsApp (16) 99270.6575
  • redes sociais
  •    
  • MEU CARRINHO
    0 itens adicionados
Produtos ↓
Notícias
O Clarim realiza roda de conversa

Livros "Escrínio de Luz" e "Segue-me!..." foram discutidos

Redação
18/03/2019

O Centro Espírita O Clarim e o Instituto Cairbar Schutel promoveram no dia 16 de março, sábado, no período da tarde, roda de conversa com os expositores Eduardo Peres, Renato Vernaschi e Maurinho. Os três são professores, residem em Bauru (SP) e enfatizaram o conteúdo dos livros Segue-me!... e Escrínio de Luz, obras psicografadas por Francisco Cândido Xavier e lançadas em 1973 pela Casa Editora O Clarim. O debate, realizado no auditório do Centro Espírita O Clarim, em Matão (SP), foi mediado por Orson Peter Carrara.

A roda de conversa, ou mesa-redonda, é um formato que vem ganhando espaço no movimento espírita, pois permite interação constante com o público, como foi o caso desta atividade, que contou com participação ativa da plateia com perguntas e comentários pertinentes.

Com foco na transformação moral, por meio da reforma íntima, objetivos das obras mediúnicas, Eduardo Peres iniciou dizendo que cada um tem um poder próprio de cativar o próximo e cultivar bons frutos dentro de sua área de atuação. Renato Vernaschi destacou que não precisamos de muito para fazer a diferença. Somos capazes de muitos prodígios com poucos recursos, simplesmente fazendo ao próximo o que gostaríamos que ele nos fizesse. Maurinho complementou dizendo que ajudar o próximo é importante, mas que também é preciso mudar a si próprio, transformar-se interiormente, pois este é o primeiro passo para exercer influência positiva no meio em que se convive. E que o relacionamento interpessoal é fundamental para o crescimento, pois são nas diferenças que nosso ponto de vista sobre a vida melhora.

Jesus também foi lembrado pelos debatedores. Renato disse que o Mestre é nosso modelo e guia e ele pede que nós o sigamos. Devemos olhar para cada ação dele, espelharmo-nos em seu exemplo e fazer, agir, tal qual ele foi capaz. Jesus pede que o sigamos, renunciando aos bens e prazeres efêmeros.

Falando sobre os tesouros materiais, Eduardo disse que precisamos deles, pois vivemos num meio material, mas não podemos tornar-nos escravos desses recursos. O Espiritismo muda nosso panorama diante da vida, indicando o caminho para a busca da felicidade, de forma saudável, plena e duradoura.

Aproveitando o gancho, Maurinho citou o prefácio de Wallace Leal V. Rodrigues no livro Escrínio de Luz, em que ele faz o seguinte questionamento: todos buscamos a felicidade, mas exatamente o que é a felicidade? Nosso entendimento ainda é muito limitado e por vezes buscamos algo inatingível, pois não temos consciência do que é o estado de felicidade. Confundimos este com outros sentimentos e atribuímos condições equivocadas que supostamente nos levariam à felicidade. Só com a reforma íntima seremos realmente felizes.




Foto: