Você parece ter perdido sua conexão com a internet!
Certifique-se de que esta conectado para que não perca os dados desta página.
Campos com bordas vermelhas são obrigatórios e devem ser preenchidos corretamente !
CASA EDITORA O CLARIM | 113 anos divulgando o Espiritismo
CASA EDITORA O CLARIM
anos divulgando o Espiritismo
MEU CARRINHO
0
itens adicionados
0
  • televendas (16) 3382.1066
  • contato
  • WhatsApp (16) 99270.6575
  • redes sociais
  •    
  • MEU CARRINHO
    0 itens adicionados
Produtos ↓
Notícias
Espíritas em ação

Casas espíritas de Matão se uniram para promover evento pela paz, caridade e união

Redação
08/08/2018

A Sociedade Recreativa Matonense (Sorema) sediou no dia 4 de agosto, com início às 9 horas e término no início da noite, o evento “Espíritas em ação”, promovido pelas casas espíritas da cidade em parceria com a União das Sociedades Espíritas de Matão (USE Matão).

Com a presença de público local e de outras cidades, lotando o auditório do clube, quatro exposições trouxeram importantes reflexões em torno da necessidade de praticar a caridade, lutar pela paz e promover a união. O evento foi aberto com apresentação da dupla Maurício & Marcelo e da Orquestra Jovem de Matão, sob regência de Danilo Gomez. Anete Guimarães (Rio de Janeiro) e Elizabete Lacerda & Alex Gonçalves (Brasília) falaram no período da manhã. Ala Mitchell (Uberlândia) e Artur Valadares (São Carlos) preencheram as atividades no período da tarde.

Ao final, todos os expositores se reuniram no palco para participação em mesa-redonda coordenada pelo palestrante e escritor espírita Orson Peter Carrara, encerrando com maestria um dia de reflexões valiosas e muita interação.

A Casa Editora O Clarim também esteve presente, ofertando livros de autoria de Cairbar Schutel, em razão das comemorações aos 150 anos de nascimento de seu patrono. No mesmo espaço, promoveu o lançamento, com sessão de autógrafos, do livro O Som da Nova Era: O Clarim e seus maestros, de autoria do jornalista Cássio Leonardo Carrara, que se propõe a desvendar a história da editora, desde os tempos de Cairbar até a contemporaneidade, destacando também histórias de vidas e parcelas de contribuição à continuidade do trabalho de Schutel, ativo há 113 anos.



Foto: